So far?

Volvidos que estão os primeiros seis meses deste ano, balança-se a gosto e prepara-se a rentrée. Sim, gostamos de continuar a dizer rentrée.

So good?

Facto positivo do ano: os principais envolvidos nisto de dar música ao mundo estão finalmente a despertar para a importância da distribuição digital. Para o esclarecimento, para a procura de soluções, para a protecção dos seus direitos e rendimentos.

Sempre na sombra, A Lata Music continuou em 2020 so far, so good.

So far.

Celebrámos 5 anos da 1ª edição digital A Lata Music, com o EP de Sleepy Rust “Suburban Tales and A Road Trip”.

Ao longo destes 5 anos com a The Orchard Music, distribuimos 250 edições, entre singles, EP, álbuns. Edições de autor, de labels, edições próprias.

Celebrámos 2 anos de parceria com a Regi Brainstorm e Regi Music, como consultores na distribuição digital dos artistas David Carreira (fora dos territórios Sony Music Enternatinment), Mickael Carreira (Worldwide) e Sara Carreira (Worldwide).

Celebrámos 5 anos da parceria com a Música Unida, que conta já com 79 edições em catálogo dos mais variados estilos, na sua maioria gravados no JAP Estúdios.

Celebrámos 4 anos da parceira com a Naptel Records, dos Primos.

Reeditamos albuns de R.A.M.P. e discografia completa de Tambor.

Connosco Batida apresentou dois volumes de The Almost Perfect DJ – não é uma compilação. Ikonoklasta estreou-se em nome próprio, com Meio Demónio.

So good.

Em 2020 iniciámos a distribuição da colecção Lisboa Cidade de Fado, da Fundação Manuel dos Santos. Serão distribuidos todos os 16 volumes da única colecção instrumental de Guitarra Portuguesa, assim como “Mãe” de Gonçalo Salgueiro.

Editámos “Pop Gourmet” de Fado Lelé.

Distribuímos Misfit Trauma Queen, o Vol. 2 das beat tapes “Instru(ção) Mental” de K.Otic, “C.R.E.A.M. & Castigo” de Silva G. e K.Otic; o “Pinantes” de BaádLx.

Distribuimos o duplo “Ao Vivo” de Ala dos Namorados, com selo Oitava Cena.

Tivemos a honra de distribuir a edição AMG de Vitorino acompanhado por João Paulo Esteves da Silva e Filipe Raposo em “Vem Devagarinho Para a Minha Beira”.

Mantivemos a parceira com a Mercearia das Artes, na edição de Aníbal Zola e de Captain Boy.

Distribuímos o novo single de Gonçalo Tavares e o regresso dos QUID.

Iniciámos a distribuição da recém criada MusicBizz com Diana Lucas, Ricardo, Márcia Trabulo, Sarah Red Lips.

A rentrée faz-se com Chicote e a sua “Marionete, “Desde Puto” de Silva G. & K.Otic, novo single de DJ Flavour, a estreia de Carol Mello e o novo single de Miguel Xavier.

E faz-se também com a continuidade da consultoria a Batida, e as novidades que apresenta nas próximas semana.

E com a união à UNHA. A UNHA é “um projeto de divulgação e auxílio à música independente, que se desdobra entre serviços de promoção e o apoio possível através de um consultório virtual.” E vem no sentido de 2020 colocar a descoberto a necessidade e urgência de se fazer, construir, aprender.

Até já!